Itapetingaacontece

Itapetingaacontece

Notícia mais recente.....

JOVEM FAZ COM ALUMÍNIO VELHO DO LIXO AO LUXO :ASSISTAM AO VÍDEO

      (Foto reprodução /via Youtube) O canal "CHICO MUSEU TV CULTURAL" no Youtube vem registrando momentos interessantes do...

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Janaúba-MG: Fogo em creche mata crianças em Minas Gerais

Pelo menos cinco crianças morreram. Governo do estado já se mobiliza para enviar aeronaves ao local e levar os feridos par o Hospital João XXIII, referência em tratamento de queimados



As forças de segurança pública do Norte de Minas Gerais estão mobilizadas, na manhã desta quinta-feira (5/10), por conta de uma tragédia em Janaúba. Informações da Polícia Militar dão conta de que um vigia de uma creche municipal da cidade colocou fogo em várias crianças que estavam na unidade e há pelo menos cinco mortos no local.

Segundo o tenente-coronel João Aparecido do Nascimento, comandante do 51º Batalhão da PM, a situação gerou uma grande comoção na cidade e o vigia ateou fogo no próprio corpo depois de incendiar várias crianças.

Em nota oficial, a PM informou que pelo menos cinco crianças morreram e outras 15 estão entubadas. O coronel que comanda a 11ª Região de Polícia Militar acionou o comando-geral da PM pedindo apoio de aeronaves. O helicóptero Pegasus da corporação já está no local com uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) prestando os primeiros socorros.

"Já existe avião do governo do Estado saindo de BH para Janaúba com retorno previsto para BH até o hospital João XXIII, o qual é referência em tratamento de queimaduras no Estado", diz a nota da PM.

O porteiro da escola, que teria problemas mentais, é o principal suspeito de ter ateado fogo nas crianças, disseram os bombeiros. Cerca de 50 alunos estavam no recreio no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no bairro Rio Novo. O total de vítimas ainda não foi confirmado.

Nas redes sociais, circula um vídeo mostrando o desespero da população em busca de informações. Veja:

Com informações da Agência Estado