União Europeia suspende importação de pescado do Brasil

Importações de pescado somam US$ 1,2 bilhão por ano


A União Europeia (UE) suspendeu nesta quinta-feira (17/05), a importação de pescado de todas as empresas brasileiras que comercializavam com o bloco. Há exatamente um mês houve o embargo da UE à carne de frango de mais de vinte fábricas.

O grupo europeu informou em um comunicado que todos os estabelecimentos pesqueiros e navios brasileiros que ainda são elegíveis para exportar estão sendo excluídos da listagem. A importação de peixes criados em cativeiro, de empresas de aquicultura, ainda não foi proibida.

Desde dezembro de 2017, a exportação de pescado do Brasil para a UE está suspensa por iniciativa das autoridades brasileiras. O bloco indicou que a fiscalização sanitária das embarcações do país não estava conforme as políticas europeias.

O Ministério da Agricultura até apresentou um plano para se adequar às políticas europeias. No entanto, a UE negou alegou que as autoridades brasileiras deram respostas insatisfatórias para as recomendações.

De acordo com dados da Abipesca, o Brasil exporta cerca de U$ 270 milhões em peixes por ano. Dessa quantia, cerca de US$ 40 milhões são repassados à União Europeia.

Por outro lado, ainda conforme informações da associação, as importações de pescado somam US$ 1,2 bilhão por ano. O mercado de peixe no Brasil movimenta R$ 20 milhões por ano.

As informações são do G1.

(Foto destacada: divulgação/Procon)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial