Coronavírus: 5 aspectos do vírus surgido na China que mais preocupam os cientistas

O novo coronavírus que surgiu na cidade chinesa de Wuhan e causa uma doença pulmonar grave já foi detectado em vários países, onde infectou milhares de pessoas e provocou mais de 130 mortes.
                                                                                                                                                        GETTY IMAGES

E, de acordo com especialistas, estes números devem aumentar, o que está deixando as autoridades de saúde em todo o mundo em alerta.

 O episódio lembra outro surto, o da Síndrome Respiratória Aguda Grave, conhecida como Sars (a sigla em inglês), também causada por um coronavírus, que matou 774 das 8.098 pessoas infectadas, quando eclodiu na China em 2002.

 "Existe uma lembrança forte da Sars, daí o medo, mas agora estamos muito mais preparados para lidar com essas doenças", diz à BBC Josie Golding, da fundação britânica de pesquisa médica Wellcome Trust.

 A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu que o risco global é "alto", mas decidiu não declarar emergência internacional de saúde pública, como fez com a gripe suína e o Ebola.


BBC

Nenhum comentário