Quer empreender mas não sabe como começar? Confira 5 dicas essenciais - Itapetinga Acontece
Saiba tudo sobre como iniciar um novo negócio e qual a melhor opção para cuidar de seus produtos e estoque para venda
(Imagem reprodução/Google)

Começar um novo negócio nem sempre é algo fácil. Mas é muito comum que as pessoas julguem essa tarefa como sendo mais difícil do que ela realmente é na prática.

Seja venda de produtos por meio de um e-commerce, prestação de serviço com atendimento em domicílio ou venda em lojas físicas, o importante é não desistir da ideia antes mesmo de começá-la. 

Com certeza, dar o pontapé inicial e investir para ter um novo negócio é fundamental para quem deseja ser dono do próprio negócio e sucesso profissional.

Sabemos que todo novo empreendimento precisa de organização, planejamento e, obviamente, a ação em si. Pensando nisso, criamos uma lista 5 dicas essenciais para começar um novo negócio. Acompanhe a seguir.

Como faço para começar um novo negócio?

É importante ficar atento a cada etapa para não se perder em meio a ideias e anotações. Para te ajudar nisso, veja as nossas dicas a seguir:

1. Faça uma pesquisa detalhada sobre o seu mercado

Independentemente do ramo, é indispensável ter uma noção ampla de como funciona o mercado ao qual você deseja que a sua empresa faça parte. 

Qual é o posicionamento dos seus concorrentes e como eles estão performando são alguns dos tópicos iniciais a serem considerados para a pesquisa. Além disso, como fazer para a sua marca ter destaque em meio às outras empresas? Qual o diferencial dela? Caso ainda não saiba, pesquise ainda mais!

Acredite, apesar do atual cenário econômico do país estar um pouco complicado, saber exatamente onde está investindo pode definir o sucesso ou o fracasso do seu empreendimento. 

2. Elabore um bom planejamento

Um planejamento realista e objetivo fará toda diferença para se começar um bom negócio. Quer um exemplo? 

Imagine que o seu novo empreendimento seja vender produtos de forma online. Isto é, em um e-commerce. Além de traçar cada detalhe para a criação do site oficial, além de quem será o profissional responsável por sua gestão, e qual valor que tudo isso demandará, é primordial também pensar na armazenagem dos produtos, por exemplo.

A mercadoria a ser vendida precisa ficar em um local seguro e que não danifique ou comprometa a sua qualidade e durabilidade. Assim, uma opção que vem ganhando espaço entre os empreendedores e empresas é o self storage. Não sabe o que é? Explicaremos adiante. 

Self Storage: armazenagem com garantia e segurança

O Self Storage (em tradução livre, auto armazenagem) é uma solução para quem precisa de espaços para estocagem, organização de mercadorias ou apenas para guardar produtos, móveis e itens diversos. 

A empresa SS Self Storage é um exemplo deste tipo de serviço aqui no Brasil. Com unidades em diversos estados - como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Manaus e outros -, a companhia se tornou uma grande aliada dos empreendedores. 

O serviço pode ser adquirido de um jeito muito fácil:

  • Saiba o espaço que você vai precisar, e escolha o seu box a partir disso;
  • Armazene e organize seus produtos dentro do self storage;
  • Tranque e leve a chave com você. 

Simples, não é mesmo? Essa opção de armazenamento tem auxiliado não apenas empresas médias e grandes já consagradas no mercado, mas também os novos empreendedores. Então, não deixe de ficar atento à essa ideia para aplicá-la em seu novo negócio!

1. Programe-se financeiramente para não correr riscos

Não possui ideia de quanto gastará para iniciar um novo empreendimento? Esta etapa é para resolver de vez esse problema.

Todo projeto tem um custo, por isso é preciso criar um cronograma detalhado sobre os possíveis gastos que acontecerão a curto, médio e, quem sabe, até mesmo a longo prazo. Ou seja, é necessário fazer um planejamento financeiro! Isso indicará se vai ser viável ou não começar o novo negócio, por exemplo.

Ninguém quer começar uma empresa e meses depois fechá-la por falta de verba, certo? Então, aproveite esse momento e programe-se financeiramente!

Não importa o setor que a sua empresa atuará, saber os valores que serão demandados é essencial para a vida ativa do seu negócio.

2. Invista em comunicação para que seu negócio seja reconhecido pelos clientes

Como citamos anteriormente, é importante definir qual será o diferencial da sua marca. Contudo, tão importante quanto isso é fazer com que seu público-alvo conheça o seu produto. 

Para isso, tanto empresas com anos de atividade como empreendedores iniciantes estão investimento fortemente nas redes sociais. Facebook, Twitter, Instagram e até mesmo o Linkedin, dependendo do negócio. 

Obviamente, existem outras ações de comunicação que podem ser desenvolvidas em conjunto, como: assessoria de imprensa (para que a empresa seja reconhecida de forma espontânea pelas mídias tradicionais, como jornais, revistas e programas de rádio e TV), marketing e mídia paga etc. 

Dessa forma, o importante mesmo é dar voz à sua empresa. Fazê-la ser conhecida e reconhecida pelos clientes. Não perca tempo e faça um bom planejamento de comunicação para o seu negócio!

3. Ponha a mão na massa!

Chegou a hora de começar o seu empreendimento na prática, no dia a dia do negócio.

Nesta etapa, toda a pesquisa de mercado terá te ajudado a definir os melhores passos a serem seguidos para o seu projeto. O planejamento precisa estar impecavelmente bem feito, o cronograma financeiro deve estar pronto, mas também ser constantemente atualizado em caso de eventuais mudanças.

Dedique seu tempo a fazer o seu empreendimento acontecer. Com o produto certo, um bom site no ar, produtos bem organizados e guardados em segurança, além de clientes ansiosos por conhecer ainda mais a sua marca, seu empreendimento terá tudo para dar certo!

Portanto, lembre-se de dar atenção a cada detalhe, desde a guarda de móveis, ou produtos até o plano de comunicação para os clientes reconhecerem o seu negócio.

Muitas pessoas, por falta de prática e visão estratégica, acabam desistindo antes mesmo de começarem um novo empreendimento. Bem, esperamos que com as nossas dicas você não seja uma delas.

Pegue tudo o que aprendeu aqui neste texto e planeje-se o quanto antes para investir em seu novo negócio! Boa sorte!


Artigo/Beatriz Souza
Site: SEO Marketing

Quer empreender mas não sabe como começar? Confira 5 dicas essenciais

Saiba tudo sobre como iniciar um novo negócio e qual a melhor opção para cuidar de seus produtos e estoque para venda
(Imagem reprodução/Google)

Começar um novo negócio nem sempre é algo fácil. Mas é muito comum que as pessoas julguem essa tarefa como sendo mais difícil do que ela realmente é na prática.

Seja venda de produtos por meio de um e-commerce, prestação de serviço com atendimento em domicílio ou venda em lojas físicas, o importante é não desistir da ideia antes mesmo de começá-la. 

Com certeza, dar o pontapé inicial e investir para ter um novo negócio é fundamental para quem deseja ser dono do próprio negócio e sucesso profissional.

Sabemos que todo novo empreendimento precisa de organização, planejamento e, obviamente, a ação em si. Pensando nisso, criamos uma lista 5 dicas essenciais para começar um novo negócio. Acompanhe a seguir.

Como faço para começar um novo negócio?

É importante ficar atento a cada etapa para não se perder em meio a ideias e anotações. Para te ajudar nisso, veja as nossas dicas a seguir:

1. Faça uma pesquisa detalhada sobre o seu mercado

Independentemente do ramo, é indispensável ter uma noção ampla de como funciona o mercado ao qual você deseja que a sua empresa faça parte. 

Qual é o posicionamento dos seus concorrentes e como eles estão performando são alguns dos tópicos iniciais a serem considerados para a pesquisa. Além disso, como fazer para a sua marca ter destaque em meio às outras empresas? Qual o diferencial dela? Caso ainda não saiba, pesquise ainda mais!

Acredite, apesar do atual cenário econômico do país estar um pouco complicado, saber exatamente onde está investindo pode definir o sucesso ou o fracasso do seu empreendimento. 

2. Elabore um bom planejamento

Um planejamento realista e objetivo fará toda diferença para se começar um bom negócio. Quer um exemplo? 

Imagine que o seu novo empreendimento seja vender produtos de forma online. Isto é, em um e-commerce. Além de traçar cada detalhe para a criação do site oficial, além de quem será o profissional responsável por sua gestão, e qual valor que tudo isso demandará, é primordial também pensar na armazenagem dos produtos, por exemplo.

A mercadoria a ser vendida precisa ficar em um local seguro e que não danifique ou comprometa a sua qualidade e durabilidade. Assim, uma opção que vem ganhando espaço entre os empreendedores e empresas é o self storage. Não sabe o que é? Explicaremos adiante. 

Self Storage: armazenagem com garantia e segurança

O Self Storage (em tradução livre, auto armazenagem) é uma solução para quem precisa de espaços para estocagem, organização de mercadorias ou apenas para guardar produtos, móveis e itens diversos. 

A empresa SS Self Storage é um exemplo deste tipo de serviço aqui no Brasil. Com unidades em diversos estados - como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Manaus e outros -, a companhia se tornou uma grande aliada dos empreendedores. 

O serviço pode ser adquirido de um jeito muito fácil:

  • Saiba o espaço que você vai precisar, e escolha o seu box a partir disso;
  • Armazene e organize seus produtos dentro do self storage;
  • Tranque e leve a chave com você. 

Simples, não é mesmo? Essa opção de armazenamento tem auxiliado não apenas empresas médias e grandes já consagradas no mercado, mas também os novos empreendedores. Então, não deixe de ficar atento à essa ideia para aplicá-la em seu novo negócio!

1. Programe-se financeiramente para não correr riscos

Não possui ideia de quanto gastará para iniciar um novo empreendimento? Esta etapa é para resolver de vez esse problema.

Todo projeto tem um custo, por isso é preciso criar um cronograma detalhado sobre os possíveis gastos que acontecerão a curto, médio e, quem sabe, até mesmo a longo prazo. Ou seja, é necessário fazer um planejamento financeiro! Isso indicará se vai ser viável ou não começar o novo negócio, por exemplo.

Ninguém quer começar uma empresa e meses depois fechá-la por falta de verba, certo? Então, aproveite esse momento e programe-se financeiramente!

Não importa o setor que a sua empresa atuará, saber os valores que serão demandados é essencial para a vida ativa do seu negócio.

2. Invista em comunicação para que seu negócio seja reconhecido pelos clientes

Como citamos anteriormente, é importante definir qual será o diferencial da sua marca. Contudo, tão importante quanto isso é fazer com que seu público-alvo conheça o seu produto. 

Para isso, tanto empresas com anos de atividade como empreendedores iniciantes estão investimento fortemente nas redes sociais. Facebook, Twitter, Instagram e até mesmo o Linkedin, dependendo do negócio. 

Obviamente, existem outras ações de comunicação que podem ser desenvolvidas em conjunto, como: assessoria de imprensa (para que a empresa seja reconhecida de forma espontânea pelas mídias tradicionais, como jornais, revistas e programas de rádio e TV), marketing e mídia paga etc. 

Dessa forma, o importante mesmo é dar voz à sua empresa. Fazê-la ser conhecida e reconhecida pelos clientes. Não perca tempo e faça um bom planejamento de comunicação para o seu negócio!

3. Ponha a mão na massa!

Chegou a hora de começar o seu empreendimento na prática, no dia a dia do negócio.

Nesta etapa, toda a pesquisa de mercado terá te ajudado a definir os melhores passos a serem seguidos para o seu projeto. O planejamento precisa estar impecavelmente bem feito, o cronograma financeiro deve estar pronto, mas também ser constantemente atualizado em caso de eventuais mudanças.

Dedique seu tempo a fazer o seu empreendimento acontecer. Com o produto certo, um bom site no ar, produtos bem organizados e guardados em segurança, além de clientes ansiosos por conhecer ainda mais a sua marca, seu empreendimento terá tudo para dar certo!

Portanto, lembre-se de dar atenção a cada detalhe, desde a guarda de móveis, ou produtos até o plano de comunicação para os clientes reconhecerem o seu negócio.

Muitas pessoas, por falta de prática e visão estratégica, acabam desistindo antes mesmo de começarem um novo empreendimento. Bem, esperamos que com as nossas dicas você não seja uma delas.

Pegue tudo o que aprendeu aqui neste texto e planeje-se o quanto antes para investir em seu novo negócio! Boa sorte!


Artigo/Beatriz Souza
Site: SEO Marketing

Nenhum comentário

Redação Email:[email protected] Contato/ DDD 077 9 9117-0827