Estirpe da gripe suína com 'potencial pandêmico humano' encontrada em mais porcos chineses, dizem cientistas - Itapetinga Acontece

Páginas

  • Quem Somos?
  • "Nós simplesmente não sabemos que uma pandemia ocorrerá até que a maldita coisa ocorra", diz Robert Webster. “Esse vai fazer isso? Deus sabe."


    Cientistas na China dizem que a cepa, que surgiu recentemente, é carregada por porcos, mas pode infectar seres humanos. Um estudo do novo vírus foi publicado segunda-feira na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

    Os pesquisadores dizem que o vírus tem "todas as características" de ser altamente adaptado para se espalhar de pessoa para pessoa e desencadear um surto global.
    Dado que é um novo desenvolvimento, as pessoas provavelmente terão pouca ou nenhuma imunidade.
    O professor Kin-Chow Chang e seus colegas da Universidade de Nottingham dizem que estão monitorando de perto essa nova variedade, que estão chamando de G4 EA H1N1.

    A nova cepa, da qual eles encontraram evidências entre as pessoas que trabalham nos matadouros chineses, pode crescer e se multiplicar nas células que revestem as vias aéreas humanas.
    Kin-Chow disse à BBC : “Certo, estamos distraídos com coronavírus, e com razão. Mas não devemos perder de vista novos vírus potencialmente perigosos. ”
    A última pandemia de gripe suína começou no México em 2009, mas não foi tão mortal quanto se temia inicialmente. Muitas pessoas mais velhas tinham alguma imunidade, porque era semelhante às cepas mais antigas.
    Robert Webster, um investigador da gripe, disse à revista Science que é "um jogo de adivinhação" se o novo vírus evoluirá para transmitir entre humanos.
    "Nós simplesmente não sabemos que uma pandemia ocorrerá até que a coisa d-n ocorra", disse ele. “Esse vai fazer isso? Deus sabe."

    Estirpe da gripe suína com 'potencial pandêmico humano' encontrada em mais porcos chineses, dizem cientistas

    "Nós simplesmente não sabemos que uma pandemia ocorrerá até que a maldita coisa ocorra", diz Robert Webster. “Esse vai fazer isso? Deus sabe."


    Cientistas na China dizem que a cepa, que surgiu recentemente, é carregada por porcos, mas pode infectar seres humanos. Um estudo do novo vírus foi publicado segunda-feira na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

    Os pesquisadores dizem que o vírus tem "todas as características" de ser altamente adaptado para se espalhar de pessoa para pessoa e desencadear um surto global.
    Dado que é um novo desenvolvimento, as pessoas provavelmente terão pouca ou nenhuma imunidade.
    O professor Kin-Chow Chang e seus colegas da Universidade de Nottingham dizem que estão monitorando de perto essa nova variedade, que estão chamando de G4 EA H1N1.

    A nova cepa, da qual eles encontraram evidências entre as pessoas que trabalham nos matadouros chineses, pode crescer e se multiplicar nas células que revestem as vias aéreas humanas.
    Kin-Chow disse à BBC : “Certo, estamos distraídos com coronavírus, e com razão. Mas não devemos perder de vista novos vírus potencialmente perigosos. ”
    A última pandemia de gripe suína começou no México em 2009, mas não foi tão mortal quanto se temia inicialmente. Muitas pessoas mais velhas tinham alguma imunidade, porque era semelhante às cepas mais antigas.
    Robert Webster, um investigador da gripe, disse à revista Science que é "um jogo de adivinhação" se o novo vírus evoluirá para transmitir entre humanos.
    "Nós simplesmente não sabemos que uma pandemia ocorrerá até que a coisa d-n ocorra", disse ele. “Esse vai fazer isso? Deus sabe."

    Comentários
    0 Comentários

    Nenhum comentário

    Redação Email:[email protected] Contato/ DDD 077 9 9117-0827